• O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
    • 55 11 3562-3404
    • 55 11 9 8500-7022

Ultimas Noticias

Acréscimo de 25% na ...
aposentadoriainvalidez
A lei 8213/91, prevê em seu artigo 45, que o ...
Leia Mais
Malversação do dinheiro ...
jabotinaarvore
Se o Brasil fosse uma árvore, veríamos muitos ...
Leia Mais
INSS abre concurso para 950 ...
Concurso do INSS 2016 300x200
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) abriu concurso ...
Leia Mais
Alguém precisa se sacrificar ...
democracia
Democracia, segundo o dicionário Michaellis: ...
Leia Mais

Informativo E-Previd

Receba nossas novidades por e-mail

concursoVamos aqui, destacar alguns pontos importantes para os CONCURSEIROS de plantão. Estudar para passar no concurso é essencial. Isso, todos sabemos, no entanto, mais importante que estudar é:  saber como e o conteúdo a estudar.
Vamos focar na resolução de questões de provas anteriores, isso, porque acreditamos ser de extrema utilidade esse método de estudo, já que, dessa maneira, o candidato consegue familiarizar-se com a linguagem da banca examinadora e, de quebra, repassa o conteúdo da matéria.
O direito previdenciário é extenso e, exige do candidato, dedicação, leitura da legislação e, a resolução das provas anteriores.
Com isso, obter sucesso será uma questão de oportunidade.

Porque responder a questões de provas anteriores?
Porque ao responder as questões de provas anteriores estaremos descobrindo informações preciosas, vamos a elas:

a) banca examinadora: resolvendo as questões anteriores podemos descobrir qual a metodologia de avaliação da banca examinadora.

b) tipo de prova: o candidato poderá conhecer se as questões são de múltipla escolha ou de avaliação - certo ou errado.

c) leitura da Lei: resolvendo questões de provas anteriores, podemos observar que não há muita inovação no conteúdo solicitado na prova e no nível de dificuldade exigido, isto é, o conhecimento da lei resolve grande parte do problema do candidato.

d) Pegadinhas: com a resolução de exercícios das provas anteriores, o candidato consegue perceber os tipos de pegadinhas que o examinador costuma fazer.

d) Questões repetidas nas provas: as provas dos concursos costumam repetir questões nas provas que elaboram his explanation. Isso porque a matéria sempre é a mesma e, os examinadores querem testar o conhecimento dos candidatos nos mesmos conteúdos.

Observar os pontos acima, garante ao estudante, condições de realizar a prova com mais tranquilidade e segurança.

 


 

tonia small

Professora Tonia Galleti

Advogada Previdenciarista, atuando há 13 anos nessa área, com ampla experiência prática judicial e administrativa. Professora de Direito da Seguridade Social na Central de Concursos. Professora de Direito da Seguridade Social em Cursos de Pós-Graduação, comoo Mackenzie, Cursos Exito, Escola de Previdenciário, Faculdade Legale. Palestrante sobre o tema em diversos locais, como congressos e reuniões de associações e sindicatos, com o fito de orientar e disseminar informações acerca do tema previdenciário.
Colaboradora semanal do Jornal Diário de São Paulo, bem como com outras publicações e programas de rádio e TV, incluindo gravação de vídeos falando sobre temas atuais da Previdência Social. Colaboradora da Super Rádio com quadro próprio para tirar dúvidas dos ouvintes.

 

 

Carrinho

Carrinho vazio